Notícias

Como funciona a recuperação de crédito para empresas?

Recuperação de crédito empresarial é um processo com o objetivo de regularizar atrasos de empresas no pagamento de dívidas, seja por situações inesperadas, má gestão, crises econômicas ou simplesmente, por quem pretende desonrar com o que fora contratado.

Existem hoje, inúmeros escritórios de cobrança especializados em realizar recuperações de créditos bem como advogados, que desempenham importante função na recuperação do crédito de forma, tanto judicial, quanto amigável, por ter maior conhecimento das leis e também dos riscos de uma cobrança. 

A complexidade dos processos que podem estar envolvidos na recuperação de créditos inviabiliza a criação de um setor para esta finalidade dentro de uma empresa. Por este motivo, torna-se mais rentável contratar uma assessoria jurídica de cobrança empresarial para realizar esta função.

Existem 2 formas de recuperação de crédito, podendo ser através de:

  • Cobrança judicial: Quando a dívida atinge nível elevado, ou existe há muito tempo, sem ter sido possível uma resolução amigável. É recomendável ter havido tentativa anterior comprovada de contato com o cliente. 
  • Cobrança extrajudicial: Quando a dívida ainda é recente ou o valor não é muito elevado, buscando facilitar a negociação com o cliente e recuperando mais fácil e rapidamente o crédito para o Credor.

Ambas as formas de cobrança apresentam suas vantagens e desvantagens. A cobrança judicial, com a estratégia correta, aumenta a chance de o cliente quitar sua dívida. A cobrança extrajudicial, por sua vez, pode ser mais eficiente, uma vez que evita maiores custos para ambas as partes, desde que o devedor a encare como uma cobrança urgente. É sumamente recomendável que estes acordos sejam feitos por meio de instrumento particular de confissão de dívida.

Desse modo, podemos entender que a recuperação de créditos beneficia:

  • O credor, que compromete o orçamento mensal, dificultando a quitação de suas próprias dívidas, que faz com que a empresa recorra até a empréstimos por conta de um recurso até então indisponível para ele.
  • A economia em um sentido amplo, pois um cliente sem créditos, consome em menor escala, pois estando privado de efetuar compras no crediário, empréstimos e financiamentos, tende a se limitar nas contas básicas.
  • O devedor, que com se crédito liberado, tem maior possibilidade de adquirir novos bens, imóveis ou até veículos. 

Conforme dito acima, a recuperação de crédito pela sua complexidade, exige uma assessoria que pode tanto ser feita por escritórios do ramo, como por advogados especializados sendo que, no caso de uma cobrança precisar sair da esfera extrajudicial para a judicial, a atuação do advogado torna-se imprescindível. Diante disso, podemos destacar como vantagens de uma assessoria jurídica:

  • Serviço de excelência, devido à experiência e conhecimento do advogado.
  • Funcionários aptos a realizar a recuperação de crédito, uma vez que ao contratar um escritório de advocacia especializado, o empresário fica isento da responsabilidade de tomada de ação em cada etapa do processo, tendo a garantia de ter o serviço realizado por advogados treinados e qualificados.
  • Investimento de ótimo custo benefício, uma vez que alguns escritórios de advocacia cobram um valor fixo para realizar a recuperação de créditos enquanto outros podem cobrar uma porcentagem do valor recuperado. 
  • Disponibilidade para se dedicar em outras atividades mais rentáveis, ao deixar este trabalho com uma empresa capacitada para este fim. 

Nós, do escritório Asas Advocacia, seguiremos compartilhando informações importantes durante este período, alertando sobre possíveis mudanças, leis e impactos na economia. 👊

Compartilhar Notícia

Share on facebook
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

Prestamos serviços e assessoria em todo o estado de Minas Gerais.

Atendimento

De segunda a sexta-feira.
Das 09h00 à 18h00.